Gerenciando baixa performance

architecture

A realização de avaliações regulares e a identificação de objetivos são fundamentais para prevenir a baixa performance.  

Mas o que acontece quando o processo de gestão de desempenho falha e quais são as medidas que você deve tomar? Em primeiro lugar, você deve identificar o problema e, em seguida, você  deve estabelecer as causas de baixa performance. Somente assim você poderá decidir quais medidas são necessárias para melhorar a situação. Quando se torna aparente que um empregado não está cumprindo os requisitos exigidos, é importante identificar as causas da baixa performance.

A baixa performance pode estar relacionada a:

  •     falta de empenho para a função e atividades
  •     falta de capacidade/habilidades em geral
  •     falta de capacidade devido a doença ou lesão

Cada uma dessas situações exigirão diferentes ações corretivas, por isso é importante identificar corretamente a causa da baixa performance.

Identificando a baixa performance

Com o objetivo de determinar se o funcionário está atingindo um nível aceitável ou não de desempenho, é fundamental que algum padrão tenha sido estabelecido anteriormente e que o funcionário tenha sido informado sobre as exigências da empresa.

Há uma gama de ferramentas de medição que você pode utilizar:  

  • Uma descrição detalhada da posição – definir os resultados da função 
  • Metas – o uso de metas pré-estabelecidas (comum na função de vendas) que são realistas e exequíveis, pode permitir que o empregador determine se um empregado está atingindo o padrão solicitado.
  • Controles de qualidade – podem ser úteis quando a prestação de um serviço de qualidade é essencial como, por exemplo, funções direcionadas ao atendimento ao cliente.
  • Orientações de competência – que incidem sobre os comportamentos-chave que são necessários para alcançar um desempenho adequado.

As causas da baixa performance

Quando se torna aparente que um empregado não está cumprindo com os requisitos exigidos, é importante identificar as causas subjacentes. Desempenho fraco pode estar relacionado a:

  •     falta de empenho para a função e atividades
  •     falta de capacidade/habilidades em geral
  •     falta de capacidade devido a doença ou lesão

Cada uma dessas situações exigirá diferentes ações corretivas, enfatizando a importância de identificar corretamente a causa da baixa performance.

Correção de baixa performance: A Definição de objetivos Claros

  • Tenha uma reunião informal com o profissional, indicando as áreas onde seu desempenho precisa melhorar, faça um acordo sobre as metas/objetivos e uma data de revisão.
  • Avalie o desempenho continuamente e analise se houve alguma melhora. Se houve uma melhora significativa e aceitável, não é necessário nenhum tipo de ação adicional. Se houve alguma melhora, o empregador pode identificar as áreas onde o profissional ainda precisa de aperfeiçoamento e definir uma data para revisão.
  • Se não houve uma melhora significativa, o empregador pode aplicar procedimentos disciplinares / demissão. A sanção adequada varia de acordo com o procedimento disciplinar relevante, mas não é recomendado optar pela demissão na primeira ocorrência.  Para garantir justiça na demissão nestas circunstâncias, a empresa deve demonstrar que foi dada a oportunidade suficiente para o profissional melhorar.

Artigos relacionados
Condução de entrevistas

Conselho de contratação 

Read more »