Como evitar uma má contratação?

homem e mulher numa entrevista de emprego

 

Contratar a pessoa certa para uma vaga nunca é fácil. No entanto, lidar com as consequências de uma má contratação pode ser ainda mais desafiante. Pedimos aos nossos especialistas para compartilharem os pontos de atenção ao contratar alguém. 

 

 

Questione o currículo

O primeiro sinal negativo que deve ter em atenção é um currículo mal feito. “Os CVs devem apresentar um bom equilíbrio de informação sobre a pessoa: não devem ser nem muito detalhado, nem tão resumidos.'' comenta Leonardo de Souza, Country Manager Brasil.

Erros ortográficos ou gramaticais são também sinais de alarme, significando falta de atenção ao detalhe, o que pode não ser um bom indicador para o potencial desempenho do candidato no novo cargo. 

Num mundo de negócios cada vez mais transitório, “soft skills” como a resiliência são qualidades altamente importantes que as empresas procuram nos candidatos. Assim, comenta Leonardo, “um candidato que muda de emprego com muita frequência pode não ser a melhor opção – nenhuma empresa quer contratar alguém que se vai embora quando o trabalho fica exigente. A pergunta que se deve fazer neste caso, ao olhar para o CV, é: será que esse candidato é resiliente às pressões do trabalho, ou, pelo contrário, decide ir embora quando as coisas começam a correr mal?”

Leonardo acrescenta: “um sinal muito mais positivo é um candidato com um histórico comprovado numa companhia, com progressão interna – isto valida o seu desempenho e ética profissional Este candidato foi testado com sucesso e promovido em resultado disso, pelas pessoas que o conhecem bem.” 

Tenha atenção aos sinais de perigo durante a entrevista

Um dos aspetos mais importantes que deve levar em conta na fase de entrevistas é o nível de preparação do candidato. Uma entrevista revela o potencial do entrevistado, por isso, a falta de preparação pode ser um sinal de falta de compromisso com o posto oferecido.

Linguagem corporal e higiene são também indicadores importantes de uma contratação apropriada, além da forma de se vestir – os nossos consultores sugerem pelo menos um dress code “smart-business casual”, a não ser que o candidato esteja confiante de que o local de trabalho tenha um código diferente, como por exemplo no caso de uma start-up, em que o dress code costuma ser mais relaxado.

Outro aspeto essencial é a atitude do candidato perante o seu posto atual, e a razão que apresenta para querer sair: “negatividade relacionada a uma empresa é um mau sinal. A conversa deve ser sempre positiva e focada no que o candidato pretende realmente realizar com o seu novo cargo”, comenta Leonardo.

As perguntas de entrevista a que deve estar atento

As perguntas que os candidatos fazem durante a entrevista são a melhor oportunidade para descobrir mais sobre a companhia e do cargo a que se estão a candidatar. A entrevista é a melhor hora para fazer esse tipo de pergunta, caso o entrevistado não demonstre esse interesse, o recrutador já pode começar a se preocupar.

Os entrevistadores devem também ter cuidado com candidatos que não se envolvem realmente na conversa. “Respostas na defensiva ou muito curtas podem indicar que o candidato tem uma mentalidade fechada e mais inflexível, e ser um sinal revelador de como trabalhariam e se integrariam na sua equipe”, Finaliza Leonardo.

banner mulheres sentadas - conselhos contratação

Conselhos de
contratação

Read more »

Quer saber mais?
Fale conosco 

banner seta azul neon - contacto
Read more »

Envie-nos a sua oferta de emprego 

banner prisma lilás - enviar oferta de emprego
Read more »

Salary Survey 2019 - reserve uma cópia gratuita 

banner túnel iluminado às cores - salary survey
Read more »

Newsroom 

banner setas coloridas iluminadas - newsroom
Read more »